Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

Cientistas ligam falta de molécula no cérebro a maior impulsividade

Pessoas impulsivas, como o comprador insaciável e o jogador compulsivo, tendem a apresentar desequilíbrios em um mensageiro químico cerebral, a dopamina. Agora um estudo mostra como esse sistema entra em pane.


Cientistas da Universidade Vanderbilt (EUA) associaram a pontuação de 32 participantes em um questionário com a atividade de uma molécula nos seus cérebros.

Os voluntários respondiam, por exemplo, com que frequência planejavam com antecedência suas viagens ou mudavam de emprego.

Em seguida, os cientistas monitoraram a atividade de um receptor (uma fechadura química) de dopamina nos neurônios. Quando a dopamina -associada a motivação e prazer- é liberada no cérebro, seus efeitos são reduzidos por esse receptor.

Os cientistas viram que pessoas com maior impulsividade tinham menos desse receptor no cérebro.

Em outro experimento, os participantes receberam anfetamina, substância que aumenta a liberação de dopamina. Quanto maior a impulsividade do sujeito, mais dopamina surgia no cér…

Diagnóstico malfeito de TDAH provoca banalização do tratamento

O medicamento usado no tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) - vendido como Ritalina (Novartis) e Concerta (Jassen-Cilag) - está entre as substâncias controladas mais consumidas no País. Entre 2000 e 2008, o número de caixas vendidas passou de 71 mil para 1,147 milhão - aumento de 1.616%. A alta no consumo suscitou questionamentos sobre a banalização do uso do remédio à base de metilfenidato entre crianças e adolescentes.

Alguns especialistas apontam a demanda reprimida por um tratamento que existia e ainda existe no Brasil como causa do inchaço nas vendas. Para outros, é resultado de diagnósticos malfeitos - crianças que não se encaixam no padrão de aprendizagem e comportamento estariam sendo "domadas" à base de psicotrópicos.

O que alimenta ainda mais a polêmica é a dificuldade de diagnosticar o TDAH. Não há um exame definitivo. Os médicos se baseiam em relatos subjetivos de pais e professores sobre o comportamento da criança e num questi…

69% de pacientes con trastorno bipolar recibe diagnóstico errado

Los síntomas de su patología suelen ser confundidos con simple depresión 7,8% de la población sufre de la enfermedad psiquiátrica
No sufre de locura aquella persona a la que se le diagnostica trastorno bipolar. Sin embargo, un diagnóstico errado puede ocultar esa enfermedad psiquiátrica y hacerla pasar por simples etapas depresivas, un error muy común, según lo destacan estudios psiquiátricos.

El tratado Percepciones e impacto del trastorno bipolar del Departamento de Psiquiatría y Ciencias del Comportamiento de la Universidad de Texas, EEUU, determinó que 69% de los pacientes con esa patología no recibieron el diagnóstico adecuado y aquellos pacientes que fueron subdiagnosticados consultaron, en promedio, cuatro profesionales de la Medicina antes de recibir un diagnóstico correcto. El psiquiatra Emilio Miquilena define al trastorno bipolar como "una alteración en la esfera mental que altera el ánimo" y precisa que la misma afecta a 7,8% de la población mundial. La prevale…

Cientistas usam robô para estimular crianças autistas

Objetivo é melhorar habilidades motoras e de comunicação com as pessoas dos pequenos Pesquisadores do Centro de Saúde, Intervenção e Prevenção (CHIP) da Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos, estão tentando descobrir se um pequeno robô pode melhorar as habilidades motoras e de comunicação de crianças com espectro autista (ASD). Anjana Bhat, professora de cinesiologia (ciência que estuda os movimentos) da Escola de Educação Neag, recebeu uma bolsa de dois anos do Instituto Nacional de Saúde mental (NIMH) para desenvolver uma série de interações entre crianças e robôs. Durante seu pós-doutorado em autismo, Anjana estudou a deficiência motora em crianças com autismo, como má coordenação motora, equilíbrio e a dificuldade de imitar movimentos complexos. Ela ficou interessada pelo assunto porque pesquisas sugerem que deficiências nessas áreas contribuem para dificuldades de comunicação em crianças com autismo. Anjana e sua equipe compraram um robô de 58cm chamado Nao da empresa fra…

Em projeto contra ciberbullying, adolescentes britânicos ajudam vítimas via chat

Georgia Lester, Richard Piggin e Henal Granata A prática da intimidação virtual, realizada via computador ou telefone celular, já afetou um terço dos jovens ativos na internet, de acordo com uma pesquisa global realizada pela empresa de segurança Trend Micro. Em busca do combate desse problema, também conhecido como ciberbullying, uma entidade britânica criou uma alternativa inovadora: bate-papos online como forma de ajudar as vítimas de humilhações e ameaças via meios eletrônicos. Nesse projeto, tanto aqueles que buscam como aqueles que dão conselhos têm a mesma faixa etária, que vai dos 11 aos 18 anos. O que é Ciberbullying é a intimidação virtual realizada por meio de ações intencionalmente hostis e repetidas, cometidas por alguém de hierarquia superior, como um colega de escola mais popular. O prefixo ciber deve-se ao fato de essas ações serem realizadas via telefone celular (mensagens de texto) ou internet (redes sociais). A ideia da Beatbullying (combata o bullying, na tradução livr…

Pais estão dividindo melhor a tarefa da formação emocional dos filhos

Direitos iguais na sociedade alteraram a relação afetiva entre os pais e as crianças, diz especialista O professor universitário Marcelo Träsel ainda não sabe do real impacto que vai exercer sobre a formação emocional da pequena Violeta, nascida no dia 12 de julho. Mas sabe que a sua responsabilidade sobre a filha não é muito diferente da responsabilidade da mãe. Nesse domingo, Dia dos pais, ele reflete sobre o desafio que é assumir o papel de pai na primeira década do século XXI. — Não acredito que existam tarefas de pai e tarefas de mãe. Penso que o papel de ambos nessa fase, em que ela não sabe usar a linguagem e tem uma vida simbólica limitada, é transmitir confiança ao filho. Mostrar que estamos lá caso ela precise de alguma coisa nesse mundo que ainda nem começou a perceber direito _ diz o coordenador da especialização em Jornalismo Digital da PUCRS, que criou até um blog em homenagem à filha. Para a psicóloga Elizabeth Mendes, a divisão de tarefas na sociedade e no trabalho afeto…

Why music is good for you

Languages such as Mandarin Chinese can enhance the musical abilities of speakers. A survey of the cognitive benefits of music makes a valid case for its educational importance. But that's not the best reason to teach all children music, says Philip Ball. Remember the Mozart effect? Thanks to a suggestion in 1993 that listening to Mozart makes you cleverer, there has been a flood of compilation CDs filled with classical tunes that will allegedly boost your baby's brain power. Yet there's no evidence for this claim, and indeed the original 'Mozart effect' paper1 did not make it. It reported a slight, short-term performance enhancement in some spatial tasks when preceded by listening to Mozart as opposed to sitting in silence. Some follow-up studies replicated the effect, others did not. None found it specific to Mozart; one study showed that pop music could have the same effect on schoolchildren2. It seems this curious but marginal effect stems from the cognitive ben…

Os caminhos do medo

Temores provocados por razões distintas acionam regiões diferentes no cérebro Coloque um rato diante de um gato e verá uma das reações mais essenciais à sobrevivência. De imediato, o rato paralisa como se estivesse morto, reduzindo assim o risco de chamar a atenção do seu predador, em geral atraído pelo movimento. Se o perigo continua ou aumenta com a aproximação do gato, o roedor se lança em uma sequência de saltos vigorosos para trás que o fazem voar por uma distância equivalente a algumas vezes o comprimento do seu corpo. O congelamento dos movimentos e a tentativa enérgica de fuga integram o repertório de reações naturais de defesa típicas de situações que despertam o medo. Surgiram provavelmente há centenas de milhões de anos, com os primeiros répteis que escaparam de seus predadores e se espalharam pelo planeta, e continuam a ser apresentadas por um grupo amplo de animais que inclui os mamíferos – entre eles, os seres humanos. Mas só recentemente, a partir de estudos feitos no Br…

Adolescentes viciados em internet são mais propensos à depressão, diz estudo

Adolescentes que são "viciados" em internet têm mais que o dobro de chance de ficarem deprimidos do que aqueles que surfam de uma maneira mais controlada, segundo um estudo publicado ontem, 2 de agosto. Para o estudo, publicado no Arquivos de Medicina Pediátrica e do Adolescente, 1.041 adolescentes de Guangzhou, sudeste da China, completaram um questionário para identificar se usavam a internet de uma maneira patológica, e foram avaliados quanto a ansiedade e depressão. A grande maioria dos jovens - mais de 940 - usava a internet normalmente, mas 62 (6,2%) foram classificados como sendo usuários moderadamente patológicos e dois (0,2%), como "gravemente patológicos". Nove meses depois, o estado psicológico dos adolescentes foi reavaliado, e os pesquisadores descobriram que os estudantes que usavam a internet de maneira descontrolada tinham chance duas vezes e meia maior de desenvolver depressão do que os que usavam a Web normalmente. Mesmo quando o stress dos estudo…

ADHD, Conduct Disorder and Smoking Most Strongly Related to Dropping out of High School

Teens with attention-deficit/hyperactivity disorder (ADHD) -- the most common childhood psychiatric condition in the United States -- are less likely to finish high school on time than students with other mental-health disorders that often are considered more serious, a large national study by researchers at the UC Davis School of Medicine has found. The study found that nearly one third of students with ADHD, twice the proportion as students with no psychiatric disorder, either drop out or delay high school graduation. The study also examined the effects of substance use and abuse on high school graduation and found that among students who engage in substance use, including alcohol and other drugs, teens who smoke cigarettes are at greatest risk of dropping out. There are three types of ADHD: the hyperactive type, the inattentive type and the combined type. Symptoms include not being able to pay attention, daydreaming, being easily distracted and being in constant motion or unable to r…

Pruebas oculares muestran conexión familiar en el autismo

Los parientes cercanos de las personas con autismo suelen tener diferencias sutiles en la forma en que mueven sus ojos, lo que podría ayudar a los médicos a diagnosticar y tratar mejor la condición, informaron investigadores. Esas diferencias no serían observables a simple vista, pero sugieren fuertemente que muchos componentes del autismo son hereditarios, indicó el equipo de la University of Illinois, en Chicago. "Lo que esperamos que hagan estas pruebas es identificar subgrupos de individuos o familias que tienen algún tipo de riesgo de autismo", dijo durante una entrevista telefónica Matthew Mosconi, quien trabajó en la investigación. "Las diferencias en el movimiento ocular son las mismas que las que observamos anteriormente en los niños con autismo. Es una forma de acceder al funcionamiento de estos sistemas cerebrales específicos que creemos que son parte del desarrollo del autismo", añadió. Las pruebas desarrolladas por el equipo de Mosconi también formarían la…

Sobre amor e solidão

Channing Tatum e Amanda Seyfried vivenciam um casal marcado por diferenças: união entre uma aristocrática universitária e um soldado é o ponto de partida do filme Descaradamente romântico, "Querido John", de Lasse Halstrom, conta a história de dois jovens que descobrem o amor pela aceitação de suas diferenças Sucesso literário com suas obras escancaradamente românticas, o escritor Nicholas Sparks se tornou a bola da vez em Hollywood. Nos últimos 11 anos, nada menos de seis de seus romances foram adaptados para o cinema. "Querido John" trata de sentimentos e das possibilidades do amor. Mais propriamente, os caminhos oferecidos pelas possibilidades. Numa narrativa linear, desenvolve os encontros e desencontros entre dois jovens de classes sociais diferentes, a aristocrática universitária Savannah Curtis (Amanda Seyfried) e o soldado John Tyree (Channing Tatum). O forte do enredo é a evolução da paixão inicial para o estágio do amor. A partir daí se desenrola a descobert…

'Mind Meld' Enables Good Conversation

Why does human conversation come so easily? A new study chalks it up to a sort of "mind meld" between participants. Researchers have found that the brains of speakers and listeners become synchronized as they converse and that this "neural coupling" is key to effective communication. Scientists have traditionally considered talking and listening to be two independent processes. The idea is that speech is produced in some parts of the brain, including a region known as Broca's area, and understood in others, including a region known as Wernicke's area. But recent studies suggest that there's actually much more overlap. For example, partners in a conversation will unconsciously begin imitating each other, adopting similar grammatical structures, speaking rates, and even bodily postures. This overlap helps people establish a "common ground" during conversation and may even help them predict what the other is going to say next, argue psychologist M…

O que acontece enquanto dormimos?

O sono, na visão do pintor surrealista Salvador Dalì O sono é uma atividade fisiológica essencial à nossa saúde e à nossa sobrevivência. É durante o sono que ocorrem diversos processos metabólicos, através dos quais o corpo se recupera e se desenvolve. Pesquisas demonstram que repousar, sem dormir, não apresenta os mesmos resultados de uma boa noite de sono. A privação do sono leva, entre outras coisas, a uma queda na atenção, dificuldades em aprender novas tarefas motoras, alterações emocionais e dificuldades de memorização. O que é o sono? O ciclo de sono e vigília se repete a cada 24 horas, ou seja, apresenta o que chamamos de ritmo circadiano. Estudos demonstram que esse ciclo se mantém mesmo em condições nas quais não se possui acesso à passagem do tempo. Pessoas mantidas em salas escuras continuaram dormindo e acordando aproximadamente a cada 24 horas. Isso sugere que o controle do sono não depende apenas de fatores externos, e mas também de mecanismos internos (endógenos) do organis…

Memory's master switch

Neuroscientists have long wondered how individual connections between brain cells remain diverse and "fit" enough for storing new memories. Reported in the prestigious science journal Neuron, a new study led by Dr. Inna Slutsky of the Sackler School of Medicine at Tel Aviv University describes what makes some memories stick. The key is GABA (γ-Aminobutyric acid), a natural molecule that occurs in the brain, which could be the main factor in regulating how many new memories we can generate, the new study has found. The understanding of these mechanisms might lead to the development of new memory enhancers and new treatments for neurodegenerative diseases such as Alzheimer's. Memories, Dr. Slutsky says, are stored in synaptic connections between neurons in our brain. In the past, other teams, including her own, have demonstrated that the strength of individual synapses is highly variable, even at the single neuron level. This variability ultimately determines if and how new…